Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vivências Anormais

Aqui está ele, o meu novo blog (visto que o outro deixou de funcionar). Sempre gostei de escrever e muito mais de ler, por isso resolvi criar algo que eu pudesse partilhar com o resto do mundo. Textos, histórias, fantasias..Venham conhecer!

Vivências Anormais

Aqui está ele, o meu novo blog (visto que o outro deixou de funcionar). Sempre gostei de escrever e muito mais de ler, por isso resolvi criar algo que eu pudesse partilhar com o resto do mundo. Textos, histórias, fantasias..Venham conhecer!

O tamanho do meu coração

 

Lembro-me que estávamos no meio de uma aula de Português e que do nada um amigo virou-se para mim e disse "Sabias que o tamanho do nosso coração é mais ou menos o tamanho da nossa mão quando fechada?". Não me lembro do que o professor disse porque sei que estava no meu mundo e que estava a fechar o punho para ver o tamanho do meu coração. Com certeza aquilo que eu estava a sentir era maior do que a minha mão tão frágil... Não! Não aceitava que algo tão poderoso pudesse ser deste tamanho. Eu sabia que aquilo que estava a sentir era maior do que algo que tivesse sentido antes...

Fechei os olhos... E com uma força tremenda ataquei a mesa com a minha mão. A pele sobre a mão começou a abrir.. Sangue a jorrar por tudo o que era sítio.. Uma dor horrível a trepar-me o braço inteiro.

Metade da turma ficou em choque. Mas mais chocado ficou o professor e o director quando perguntado sobre o porque de ter feito o que fiz apenas soube responder com "Queria testar a força do meu coração"...

Estes dias ainda fecho a mão e fico simplesmente a admira-lo. Faço isto diariamente e a verdade seja dita, sim por vezes ainda bato nalguma coisa dura como uma parede, uma mesa, vidros... E sabem porquê ? Porque embora o meu punho tenha ficado maior desde aquele dia, ainda consigo fazer como que as fendas se abram e a dor e sangue continuam lá...